ARQBH

PALÁCIO DA JUSTIÇA

Arquiteto: A. Rebechi
Uso: Tribunal de Justiça
Cliente: Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Ano: 1909/1912
Estilo: Eclético de influência Neoclássica
Endereço: Av. Afonso Pena 1420, Centro
Acesso: livre
Tombamento: fachadas e volume
(Conjunto Urbano da Av. Afonso Pena e Adjacências)
Fotógrafo: Marcelo Palhares Santiago

3 comentários

  1. Gosto desse estilo eclético. Acho que talvez por ele ser incompreendio - não que eu o compreenda.

    Sugiro a leitura do livro Linguagem Clássica da Arquitetura -Autor: John Summerson.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo12/11/2012

    Raphael Rebecchi, engenheiro arquiteto diplomado na Universidade de Roma, havia constituído a empresa R. Rebecchi & Cia., do Rio de Janeiro,em 1897, ganhando notoriedade em 1904, quando venceu o concurso internacional que a Prefeitura do Rio de Janeiro instituíra para as fachadas da nova Avenida Central. Dentre os membros do júri que avaliou os 137 projetos inscritos encontrava-se o autor do projeto urbanístico de Belo Horizonte, o engenheiro Aarão Reis, representando o Clube de Engenharia. Alguns poucos anos depois, o governo de Minas Gerais viria a estabelecer laço com o arquiteto, ao lhe confiar os projetos do pavilhão estadual na famosa Exposição Nacional de 1908, na Praia Vermelha, que comemorava o centenário da abertura dos portos ao comércio internacional. É de se supor que o sucesso do pavilhão tenha concorrido para a contratação do terceiro projeto para o Palácio da Justiça, que foi o edificado.
    Ver texto completo sobre o Palácio que elaborei para o recém-editado "Guia dos Bens Tombados pelo IEPHA/MG".
    Arq. Rubem Sá Fortes - IEPHA/MG.

    ResponderExcluir
  3. Prezado Rubem Sá, obrigado pela contribuição!

    ResponderExcluir